Quem somos

Formada por advogados, psicólogos e pedagogos, que atuavam com o litígio e acreditavam no conceito da Paz, resolveram aprimorar os seus conhecimentos na área da Mediação Judicial e Educacional, unindo a pessoalidade do atendimento com as técnicas da Mediação voltadas para resolução de Conflitos.

Com um corpo docente especializado para cursos, palestras, workshops no contexto escolar. Atuamos em todo o território nacional, com filial em Santa Catarina.

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Ninguém retornará de onde parou.

 

O estresse gerado pelo distanciamento social é bastante significativo e pode gerar impactos emocionais, físicos e cognitivos aos profissionais da Educação e aos Alunos e devem ser muito bem observados,  pois podem se prolongar por um tempo indeterminado.

Mas o que fazer então? Uma solução seria implementar uma ação intersetorial com vários especialistas tais como: assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e Mediadores Educacionais.

Ninguém retornará de onde parou, por isso a sugestão é de as Instituições Educacionais bolarem um plano de ação juntamente com um Mediador Educacional.

A Mediação Escolar poderá dar uma sólida Capacitação e Apoio aos Professores, Alunos  e Gestores Escolares, o que é de extrema importância para que possam agir em conjunto, dirimindo os conflitos escolares e os efeitos emocionais que este distanciamento ocasionou.

Pense na Mediação Escolar como uma ferramenta Pedagógica para as instituições educacionais, que em conjunto com toda a rede escolar podem sim dar este acolhimento aos professores e alunos.

Vamos juntos disseminar a cultura da paz no âmbito escolar.

 

Créditos: Suzete Sammarco